sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

2012 e ESPIRITISMO

Jorge Murta



O que há nessa história de 2012 é uma grande salada esotérica, com uma pequena pitada científica. Primeiro, pegue uma boa dose de profecias maias, segundo as quais o último katun se dará em 21 de dezembro de 2012. Depois adicione a essa receita umas pitadas de "canalizações" de um tal Ashtar Sheran, ligado a Grande Fraternidade Branca, que diz que naves espaciais virão buscar os eleitos para salvá-los da catástrofe, na transição planetária.

Também acrescente uma boa dose de livros de Zecharia Sitchin, um escritor e pesquisador da cultura suméria, que interpretando as tábuas cuneiformes, disse em diversos livros que os deuses sumérios eram alienígenas, os anunnakis e que o planetão deles, Nibiru, leva 3.666 anos para dar uma órbita completa e que em 2012, passaria perto da Terra. Diga-se, de passagem, que segundo Sitchin, esse planetão seria maior que Júpiter.

Junte a essa mistura, algo que Chico Xavier teria dito sobre o Planeta Chupão (Hercolobus? Nibiru?), não por acaso após entrevista do Chico, em 1954, defendendo Ramatís, que falara num certo astro higienizador, que “chuparia” da superfície da Terra (por meio de força magnética) os habitantes do planeta, que já não coadunassem com o novo padrão magnético da Terra, mais elevado, higienizando assim a Terra. Tal higienização, ocorreria por ocasião da proximidade desde astro higienizador (o chupão, ou Hercolobus ou Nibiru) da órbita terrestre.

Um livro do movimento espírita, que não considero obra espírita e que por isso não tem autoridade do Controle Universal e que da força a essas sandices é Exilados de Capela, pois o leitor mais atento notará remissões a conceitos esotéricos, tais como o sistema de Capela que muitos acreditavam ser um planeta, mas que hoje a ciência prova ser apenas um aglomerado de estrelas, mas que acreditavam e alguns ainda crêem que há milhares de anos, esse mundo que supunham existir, ao se aproximar da Terra primitiva, teve seus habitantes recalcitrantes “chupados”, isto é, exilados para a Terra.
 

Outro livro do movimento espírita, que considero como desdobramento do anterior, que pela mesma razão, não considero uma obra espírita, é A Caminho da Luz, escrito por Emmanuel e psicografado por Chico Xavier e que contém também conceitos que apenas o leitor mais atilado com os mesmos conceitos podem perceber. Refiro-me a parte em que Emmanuel fala que: “Rezam as tradições do mundo espiritual que na direção de todos os fenômenos , do nosso sistema existe uma Comunidade de Espíritos Puros e Eleitos pelo Senhor Supremo do Universo, em cujas mãos se conservam as rédeas diretoras da vida de todas as coletividades planetárias”.
 

Para quem quiser pesquisar, pois não é esse o escopo deste artigo, mas é correlato ao mesmo, pesquise na net e verá se não tenho razão ao dizer que a Comunidade de Espíritos Puros não vem a ser a chamada Grande Fraternidade Branca, ou seja uma obra esotérica baseada em outra esotérica, mimetizada em espírita aborda conceitos totalmente esotéricos, afinal para o esoterismo, Jesus também faria parte da Grande Fraternidade Branca com nome de Mestre Sananda.
 

Ah, na parte cientifica, para dar sabor de verdade a esta receita de 2012, cite que em 2012 haverá um bruta aumento nas manchas solares que causará falhas nas comunicações na Terra (e é verdade isso). Há também quem diga que o derretimento das calotas polares causará inundações nos continentes.(a parte do derretimento pode ser verdade, se não tomarmos providencias, mas não para inundar os continentes).

Essa receita de Juízo Final, já foi tentada no ano 1000, no ano de 1999, no ano de 2000, com esses ingredientes juntos ou separados, mas o forno das crendices não funcionou e esqueceram de avisar o mundo para acabar. Vejam exemplos dessas crendices ao longo dos séculos, abaixo:
 

992 d.C. Em 960, Bernard de Thurings anunciou, com alarme na Europa, que o mundo só tinha mais 32 anos de existência. Felizmente para ele morreu antes da data anunciada.
31.12.999 - O mundo acabaria 1000 anos após o nascimento de Cristo. Parece não ter havido tanto "barulho" como se pensa. Mas é significativo que o Papa Silvestre II e o imperador Otão III tenham terminado as suas quesílias politicas.
31.12.1033 - Afinal não se devia contar a partir do nascimento mas sim da morte de Cristo...
Setembro de 1186 - O astrólogo João de Toledo, em 1179, anuncia o fim do mundo quando todos os planetas estiverem em conjunção em Libra. Se incluirmos o Sol, isso aconteceu em 23 de Setembro de 1186 às 16:15 TMG, ou a 3 de Outubro do novo calendário. O arcebispo de Cantuária pediu um dia de oração, o alinhamento ocorreu, o Fim do Mundo não.
1260 - Joaquim de Fiore apontou para 1260. O ponteiro não estava bom.
1 Fevereiro 1524 
Uma das datas mais espetaculares. O fim seria pela água. Em Junho de 1523 os astrólogos calcularam que o Fim se iniciaria em Londres com um dilúvio. 20.000 pessoas abandonaram as suas casas. O pároco de S. Bartolomeu construiu uma fortaleza com água e comida para dois meses de espera. Quando nada aconteceu fizeram-se novos cálculos que apontaram para mais cem anos. Mas esse ano foi mesmo especial! Nicolaus Pere previu que a conjunção dos principais planetas em Peixes (um simbolo da água), o que reforçava a ideia do diluvio. Uma das vozes que se levantou contra foi George Tannstetter, astrólogo e matemático. No seu horóscopo previu que viveria para lá de 1524, o que o levou a negar os outros calculos. Era um cético. Uma inundação gigante foi prevista para 20 de Fevereiro (ou 2 de Fevereiro) pelo astrólogo Johannes Stroeffler em 1499. A conjunção envolvia Mercurio, Venus, Marte, Jupiter e Saturno, mais o Sol, todos em Peixes. Mas foi em 23 e não em 20. Em resposta a estas profecias, na Alemanha, as pessoas construiam barcos, e um Conde Von Iggleheim construiu uma arca com 3 andares. O mesmo se passava em Toulouse. Quando choveu ligeiramente na data prevista, as pessoas atacaram a arca do Conde. Pessoas morreram.
1532 - Frederick Nansea, bispo de Viena, achou que um grande desastre estava próximo. Acreditou nas testemunhas que o informavam do que viam: cruzes sangrentas no céu, um cometa, três sóis, um castelo no céu.
13 Outubro 1533, 8h00 - Michael Stifel (tambem conhecido por Stifelius) calcula a data e hora a partir do Livro das Revelações. Quando o mundo não se evaporou, perdeu as suas vestes eclesiásticas.
1537 - Uma lista de profecias surge em Dijon, França, atribuidos ao astrólogo Pierre Turrel, a titulo póstumo. Ele usou 4 métodos diferentes de cálculo, chegando a 4 datas diferentes espalhadas por 277 anos.
1544 - Ver 1537.
1572 - Eclipse solar em Londres e espetaculares novas no céu. Pânico geral.
1584 - O astrólogo Ciprian Leowitz, incluido em 1559 no index de autores proibidos por Paulo IV, prediz o fim para 1584. Pelo sim, pelo não, calcula cartas astrológicas até 1614. Fez bem.
1648 - O rabi Sabbati Zevi, de Smyrna, interpreta a cabala mostrando que o Messias e o seu advento chegam em 1648. Em 1665, apesar de nada ter acontecido, os seus seguidores tinham aumentado, e a nova data é marcada para 1666. Cidadãos de Smyrna abandonam o trabalho e preparam-se para o regresso a Jerusalem. Os problemas aumentam quando Zevi é preso pelo sultão de Constantinopla. Este converte Zevi ao Islamismo e o movimento acaba.
1704 - O Cardeal Nicholas de Cusa, sem autorização do Vaticano, declara o Fim para 1704.
13.10. 1736 - Novo fim do mundo a começar em Londres. Desta vez previsto por William Whiston. Nem sequer choveu.
1757 - Emanuel Swedenberg anuncia o fim do mundo, informado por um anjo, segundo ele. Ninguem lhe ligou, nem os anjos.
1801 - Uma das datas (foram 4) previstas pelo astrólogo Pierre Turrel. Nada... (como nas outras 3)
1814 - Mais uma data de Pierre Turdel. Charles Mackay escreveu que "o mundo acenou tão contente como antes".
1843 - O adventista William Miller anunciou o apocalipse para 3 de abril, depois 7 de julho, depois 21 de março de 1844 e, por fim 22 de outubro.
1874 - Data calculada por Charles Taze Russel das Testemunhas de Jeová para o Fim.
1881 - Data obtida através de medições na Grande Pirâmide de Gizé, no túmulo de Cheops. Novos cálculos, mais "precisos" alteram a data para 1936. Melhorando-se ainda a medição e os calculos, obteve-se 1953. Continuam a ser feitas medições.
1914 - A segunda das datas das Testemunhas de Jeová.
1936 - Novas medições na Grande Pirâmide.
1953 - Novas medições na Grande Pirâmide.
1975 - A terceira data das Testemunhas de Jeová. Errada como as outras.
1999 - Jeane Dixon (1918-1997): "Em 1999, os E.U.A. e os seus aliados estarão em guerra como a Russia e os seus satélites. Misseis russos provocarão um holocausto nuclear nas cidades dos EUA".
Julho de 1999 - Nostradamus, em X-72 afirma: O ano mil novecentos noventa nove, mês sete
Do céu virá grande Rei assustador
Ressuscitar o grande Rei dos Mongois
Antes e depois de Marte reinar por boa hora
18 de Agosto de 1999 - Criswell (1907-1982): Um Arco Iris Negro (uma perturbação magnética na atmosfera causada por atrações gravitacionais no universo) retirará oxigénio da Terra. Esta deixará a sua órbita e encaminhar-se-á para o Sol.
2000 - Os teóricos do apocalipse disseram que o Juízo Final ocorreria 2000 anos após o nascimento de Cristo. Desmentidos pelos fatos (afinal em 2000 o mundo não acabou), se justificaram dizendo que o certo é 2000 anos após a morte do Cristo, em 2033.

Desta vez acrescentaram outro ingrediente à receita do Fim do Mundo: a Internet, que dá um ar de intelectualidade às maiores tolices. Falam tanto, na internet, de Juízo Final, mas se esquecem de ter juízo, afinal.

E o espiritismo? O que ele diz sobre isso de 21/12/2012? Bem, diretamente sobre a data em questão, nada, mas diz muito mais além:

REVOLUÇÕES DO GLOBO

Cataclismos futuros
14. Fisicamente, a Terra teve as convulsões da sua infância; entrou agora num período de relativa estabilidade: na do progresso pacífico, que se efetua pelo regular retorno dos mesmos fenômenos físicos e pelo concurso inteligente do homem. Está, porém, ainda, em pleno trabalho de gestação do progresso moral. Aí residirá a causa das suas maiores comoções. Até que a Humanidade se haja avantajado suficientemente em perfeição, pela inteligência e pela observância das leis divinas, as maiores perturbações ainda serão causadas pelos homens, mais do que pela Natureza, isto é, serão antes morais e sociais do que físicas.

Allan Kardec - A Gênese - Capítulo IX

SINAIS PRECURSORES


57. Quando sucederão tais coisas? «Ninguém o sabe, diz Jesus, nem mesmo o Filho». Mas, quando chegar o momento, os homens serão advertidos por meio de sinais precursores. Esses indícios, porém, não estarão nem no Sol, nem nas estrelas; mostrar-se-ão no estado social e nos fenômenos mais de ordem moral do que físicos e que, em parte, se podem deduzir das suas alusões.
(...)
 

58. Será que, predizendo a sua segunda vinda, era o fim do mundo o que Jesus anunciava, dizendo: «Quando o Evangelho for pregado por toda a Terra, então é que virá o fim»?

Não é racional se suponha que Deus destrua o mundo precisamente quando ele entre no caminho do progresso moral, pela prática dos ensinos evangélicos. Nada, aliás, nas palavras do Cristo, indica uma destruição universal que, em tais condições, não se justificaria.
 

Devendo a prática geral do Evangelho determinar grande melhora no estado moral dos homens, ela, por isso mesmo, trará o reinado do bem e acarretará a queda do mal. É, pois, o fim do mundo velho, do mundo governado pelos preconceitos, pelo orgulho, pelo egoísmo, pelo fanatismo, pela incredulidade, pela cupidez, por todas as paixões pecaminosas, que o Cristo aludia, ao dizer: «Quando o Evangelho for pregado por toda a Terra, então é que virá o fim.» Esse fim, porém, para chegar, ocasionaria uma luta e é dessa luta que advirão os males por ele previstos.
(...)
 

60. Se considerarmos o estado atual do mundo físico e do mundo moral, as tendências, aspirações e pressentimentos das massas, a decadência das idéias antigas que em vão se debatem há um século contra as idéias novas, não poderemos duvidar de que uma nova ordem de coisas se prepara e que o mundo velho chega a seu termo.
 

Se, agora, levando em conta a forma alegórica de alguns quadros e perscrutando o sentido profundo das palavras de Jesus, compararmos a situação atual com os tempos por ele descritos, como assinaladores da era da renovação, não poderemos deixar de convir em que muitas das suas predições se estão presentemente realizando; donde a conclusão de que atingimos os tempos anunciados, o que confirmam, em todos os pontos do globo, os Espíritos que se manifestam.
(...)

63. Tendo que reinar na Terra o bem, necessário é sejam dela excluídos os Espíritos endurecidos no mal e que possam acarretar-lhe perturbações. Deus permitiu que eles aí permanecessem o tempo de que precisavam para se melhorarem; mas, chegado o momento em que, pelo progresso moral de seus habitantes, o globo terráqueo tem de ascender na hierarquia dos mundos, interdito será ele, como morada, a encarnados e desencarnados que não hajam aproveitado os ensinamentos que uns e outros se achavam em condições de aí receber. Serão exilados para mundos inferiores, como o foram outrora para a Terra os da raça adâmica, vindo substituí-los Espíritos melhores. Essa separação, a que Jesus presidirá, é que se acha figurada por estas palavras sobre o juízo final: «Os bons passarão à minha direita e os maus à minha esquerda.» (Cap. XI, n 31 e os seguintes.)
(...)
 

JUÍZO FINAL


67. O juízo, pelo processo da emigração, conforme ficou explicado acima (nº 63), é racional; funda-se na mais rigorosa justiça, visto que conserva para o Espírito, eternamente, o seu livre-arbítrio; não constitui privilégio para ninguém; a todas as suas criaturas, sem exceção alguma, concede Deus igual liberdade de ação para progredirem; o próprio aniquilamento de um mundo, acarretando a destruição do corpo, nenhuma interrupção ocasionará à marcha progressiva do Espírito. Tais as conseqüências da pluralidade dos mundos e da pluralidade das existências.

Segundo essa interpretação, não é exata a qualificação de juízo final, pois que os Espíritos passam por análogas fieiras a cada renovação dos mundos por eles habitados, até que atinjam certo grau de perfeição. Não há, portanto, juízo final propriamente dito, mas juízos gerais em todas as épocas de renovação parcial ou total da população dos mundos, por efeito das quais se operam as grandes emigrações e imigrações de Espíritos.
(...)

Allan Kardec - A Gênese - Capítulo XVII

A NOVA GERAÇÃO

27. (...) A Terra, no dizer dos Espíritos, não terá de transformar-se por meio de um cataclismo que aniquile de súbito uma geração. A atual desaparecerá gradualmente e a nova lhe sucederá do mesmo modo, sem que haja mudança alguma na ordem natural das coisas. Tudo, pois, se processará exteriormente, como sói acontecer, com a única, mas capital diferença de que uma parte dos Espíritos que encarnavam na Terra aí não mais tornarão a encarnar. Em cada criança que nascer, em vez de um Espírito atrasado e inclinado ao mal, que antes nela encarnaria, virá um Espírito mais adiantado e propenso ao bem.

Allan Kardec - A Gênese - Capítulo XVIII

Eis o que a codificação diz, o que o bom senso diz, o que Kardec fala. Resumindo, não haverá um fim geral e estanque do mundo, o que haverá e está havendo é um fim gradativo no modelo de mundo em que se vive, do velho para o novo, sem destruições nem modelos de mundos tipo “Mad Max”, mas o chamado mundo de regeneração. Mas, antes desse mundo de regeneração chegar teremos que conviver com muitas outras profecias com data marcada, e pior, algumas atribuídas a alguém tida como espírita, mas que parece não ter lido nada do que Kardec disse acima, mas que mesmo assim, alguns espiritas o tem em alta conta, chegando mesmo a incensa-lo. Falo de Chico Xavier e sua profecia feita a Geraldo Lemos sobre o fm do mundo que se daria em 2019. Mas como o texto já se faz grande, deixarei a analise para o próximo artigo.
 
 
 
Fonte: In: http://espiritismocomprofundidade.blogspot.com/


27 comentários:

  1. Eu estou muito confuso pois acredito que as coisas realmente estão estranhas. Mas a quantidade de informação disponpivel, nesse caso é prejudicial. Acho que me resta viver cada dia como o último do velho e encarar cada possivel amanhã, como primeiro do novo.
    Ser melhor comigo e com meus semelhantes, com meus filhos e com esse planeta maravilhoso que me sustem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, mas o hoje que devemos nos preucupar e o amanhã também vai ser o hoje, devemos estar preparados para Deus.

      Excluir
    2. Acredito que seja esse o proposito de nosso Pai Celestial. Ao não sabermos o que irá ocorrer, continuemos a viver na fé em Deus, com grande esperança.
      abs

      Inês

      Excluir
  2. É muito confuso são tantas informações, e o pior é que quanto mais lemos mais confusos ficamos.
    O negócio é confiar em DEUS e continuar a vida 'vivendo' com prudência e resignação

    ResponderExcluir
  3. Não devemos nos preocupar com o fim do mundo.Como dito , é uma salada de informações.Precisamos nos fortalecer espiritualmente,fazer uso das regras morais, para vivermos um bom hoje ,que se transformará em consequência de um amanhã melhor

    ResponderExcluir
  4. Gostaria de receber e acompanhar via e'mail .Aguardo anciosamente.Obg

    ResponderExcluir
  5. olá a todos

    muitas coisas se atribuem as pessoas que partem como se fosse elas mesmas que teriam pronunciado tais palavras, e n'so ignorantes no assunto aceitamos tais relatos pq foi esse ou aquele escritor (a) que diz que viveu com chico que disse.

    Se assunto de tal relevancia fosse dito por Chico e Emmanuel com certeza teriamos um livro editado por eles sobre essa referencia, caso ao contrario estariamos admitindo um lado misitico e pseudo-sabio de ambos.

    isso é um erro.. quem estuda a doutrina sabe.. "Tudo o que ouvir dos homens ou dos espiritos passe pelo crivo da razao, da logica e do bom senso".

    Me desculpem mas nao há logica, nem razao e muito menos bom senso em se atribuir profecias a Chico Xavier sem que tais palavras profeticas nao foram escritas e registradas por ele.

    o movimento mistico tenta tomar conta do movimento espirita com tais e obras e outras como Robson Pinheiro e Carlos Bacelli.

    Temos que separar literatura espirita da outras que se dizem espiritas.. e podem perguntar como podemos fazer isso? separar o joio do trigo.. lhes respondo: ËSTUDANDO A CODIFICACAO.

    Na doutrina espirita no há mistificacoes, nem profecias os que isso fazem sao mal infomados ou mal intencionados e alem de tudo nao sao espiritas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente com seu comentário.

      Excluir
  6. Me amarrei no texto, muito bem dito em todos os aspectos. Chico Xavier foi bom no serviço mas e humano, portanto fálivel a hipóteses e idéias perdidas como qualquer um .Ramatis e no minimo uma farsa e o Emmanuel fez um livro que antes de escrever lhe foi restrito dizer quase que tudo, por exemplo; formação da lua. Não deixaram que ele revelasse se ela foi capturada pela terra ou formada por ela com a massa fervente no inicio do sistema solar... Se e assim pra que escreveu o livro? Uma vez lendo a codificação do Kardec, nada mais e necessário senão trabalho duro pra continuar na vinha e esperar e rezar por um futuro melhor. Apesar de curtir filmes, não e esse futuro que acredito e quero pro mundo que vivo.

    ResponderExcluir
  7. Me admiro uma Kardecista dedicar tanto tempo com coisas que nao acrescentam em nada e só confunde os que pouco sabem. O que me fez recordar que a intenção maior do livro dos espíritos é livra-nos da ignorância sem precisar condenar os que nos ajudam na caminhada. Tempo precioso dediquei para ler algo que me gerou sentimentos contrários daquilo que procuro. Espero com todo respeito que a autora concentre sua imensa capacidade dada de presente pela espiritualidade em coisas mais úteis e dignas. Pois para mim, isto é tempo desperdiçado! Pois poderíamos usar tal espaço para realizar feitos mais nobres e caridosos, sendo que existem milhares de pessoas que anseiam por algum tipo de consolo e procuram justamente algo ou alguem que lhes esclareça ou ajude nos momentos difíceis da vida. Nao temos tempo para críticas.. precisamos unir forças e nos concentrar no progresso e no amor!!! Desculpe-me se a ofendi... não tive a intenção. Precisamos de ajuda.. e este blog não ajudou muito!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro (a) companheiro (a), antes de mais nada, observe o objetivo desse blog: "Este blog tem como objetivo a divulgação da Doutrina Espírita dentro dos preceitos da Codificação kardeciana."
      Dentro do objetivo do blog, tudo o que for em desacordo com as Obras Fundamentais, será abordado dentro de uma conotação doutrinária.
      No que concerne à sua decepção, faz parte da dinâmica da vida, pois recebo inúmeros emails, elogiando, parabenizando, agradecendo pelo blog que para muitas pessoas foi um estímulo para o estudo das obras kardecianas. Moral da história: nunca agradaremos a todos, pois nem Jesus, o grande Mestre conseguiu. Abraço.

      Excluir
    2. Ora!! Eu sou espírita, mas não fico com a mente engessada e fechada para as coisas do meu tempo. Todos sabemos que a humanidade recebe o conhecimento de acordo com sua capacidade evolutiva. Assim o espiritismo como doutrina codificada só foi dado conhecer aos homens somente no século XIX. Porque as mentes estariam melhor preparadas para aceitá-la. Como estamos no século XXI não é pecado imaginar que uma revisão da codificação espírita, uma atualização para as consciências deste século, seja bem vinda. O que a autora desse blog tem contra ZECHARIA SITCHIN? Por ventura acha fantasia ter ele é mais outros cientistas decifrado as tábuas sumerias encontradas aos milhares e datadas de maio s de 6 mil anos? Isso é ciência, isso não é brincadeira.

      Excluir
  8. TUDO VALE A PENA SE A ALMA NÃO É PEQUENA!!!!

    Vim aqui parabenizar a todos que lêem e que dão sua opinião!!!!

    É importante estudar e ler sobre tudo..
    É importante sentir e ter sensibilidade em todos os aspectos...
    É importante respeitar e ser respeitado...
    É importante ter consciência...

    O plano divino está em cada um fazer a sua parte que Deus com certeza está fazendo a dele. A voz do coração é a alma falando através da consciência... O equilíbrio da razão e a emoção é o que nos faz ouvir esta voz...

    ResponderExcluir
  9. Estimulando o debate: por que a tendência de se valorizar mais a obra de Kardec do que a obra de Ramatis, Emmanuel ou Chico Xavier. Onde a prevalência daquela sobre estas? Qual o critério e quem decide isso? Afinal, quais daqueles ou de nós têm o monopólio da verdade?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro anônimo, respondendo ao seu questionamento em ralação à "tendência de valorizar a obra de Kardec" em detrimento das demais. Simplesmente porque foi Kardec o Codificador da Doutrina dos Espíritos. Porque foi Kardec quem se apercebeu da grandiosidade do fenômeno das mesas girante, e daí utilizando-se do método experimental e da dialética obteve importantes esclarecimentos dos Espíritos Superiores que se transformaram numa imensa obra que envolve vários aspectos do conhecimento humano. Porque foi Kardec o maior estudioso e conhecedor do espiritismo até os dias atuais. Porque foi Kardec quem estabeleceu os princípios norteadores para aqueles que se considerassem espíritas. Porque são nas obras fundamentais submetidas ao Controle Universal das Comunicações que encontramos os fundamentos da Doutrina Espírita, etc., etc, etc.

      Excluir
  10. Ja é a chegada dos tempos da separação do joio do trigo, acredito sim que nenhuma catastrofe ocorrera, mas ao desencarnar espiritos endurecidos, pela falta de amor, nao mais voltarão encarnar no planeta terra... Sinceramente não vejo a hora que isso aconteça... É muita desumanidade no mundo... Principalmente muita violencia contra crianças. Como a frase de Chico Xavier: "Que eu nao endureça meu coração, mesmo sabendo que muitas coisas que vejo no mundo escureçam meus olhos." Sei que tudo esta dentro dos planos de Deus. Que o Mestre Jesus nos ampare nesses dias dificeis.

    ResponderExcluir
  11. Ao meu ver, todos nos dão pistas. Nenhum saber deve ser descartado, afinal, nossos parcos conhecimentos atuais, podem ser acrescido futuramente, dando nova luz à leitura atual. Os exilados de capela, ao meu ver, ilustra a migração e o êxodo de almas de planetas em ascensão para outros mais de acordo com as faixas vibracionais. Tal qual acredito que, passando a Terra a ser planeta de regeneração, teremos espíritos de outros planetas que ascenderam além da regeneração para cá. Tal qual os que aqui não mais se enquadrarem, irão para outro que se enquadra com as provas e expiações a que ainda se vinculam. 2012, para mim, é o início dessa transição que se aplica no âmbito moral de todos nós. Acho muito mais coisas, mas daria muito mais a escrever...

    ResponderExcluir
  12. Acho que a maior preocupação deve estar focada, não no fim do mundo, e sim no comportamento humano, que passa por uma grave crise moral, pra não dizer decadência moral; Desonestidade, egoísmo, inveja, falta de pudor, avareza, preconceito, em todos os sentidos, principalmente quando se trata de pessoas pobres ou de cor escura, é como se essas criaturas não fossem gente; Destruição do meio ambiente; Não foi nenhum fenômeno natural que poluiu os rios, nem provocou um desmatamento desastroso nas áreas verdes, e sim atitudes irresponsáveis do próprio homem, por puro egoísmo, dentre tantas outras coisas oriundas desse comportamento egocêntrico que o afasta de Deus; E uma coisa é certa, onde não existe a proteção divina, percebe-se, seguramente,que está propício à destruição; Quando isso for despertado, que Deus deve ser o centro de tudo, não há com que se preocupar, pois, quem vive com Deus nada teme, pode dormir tranquilo; Para os que veem um novo tempo, como momento de transição, para a regeneração, deve-se levar em consideração, há muita consistência, espíritos renovados devem habitar a terra, é o livre arbítrio, fica a critério de cada um, escolher onde quer morar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ao contrário.. não há aumento de violência no comportamento humano. Já foi muito pior.. o que acontece é que a maioria de nós é capaz de ver os erros com mais clareza. Se a violência fosse regra geral, metade de nossos vizinhos estariam se matando agora mesmo. E não é isso que se verifica, a maioria deseja e luta contra sí mesmo por mais paz. A maioria é civilizado.. é por isso que faz sentido acreditar que a Terra adentra uma era de regeneração.

      Excluir
    2. Perfeitamente! O que se ver é que a maioria dos seres humanos é formada hoje por seres de boa índole e que procuram controlar suas más inclinações. É só olhar a seu redor e verás que a minoria pratica verdadeiramente o mal!

      Excluir
  13. Olha, até chegar na parte de Capela o texto possuia partes críveis e outras nem tanto. Noe ntanto, quando chegou em Capela eu aprei de ler porque o autor escreveu algo errado.
    Capela é um sistema solar como o nosso em que no lugar de haver uma estrela como o nosso Sol, há duas gigantes amarelas que orbitam ao redor uma da outra. Ao redor dessas duas estrelas existem planetas sim. Mais recentemente, ema rtigo publicado pela NASA, foi descoberto nesse sistema duas anãs vermelhas orbitando as duas gigantes amarelas. Imagine que espetáculo um sistema solar com dois sóis gigantescos e doias menores? Como deve ser interessante a contagem dos anos, clima e tudo nesses planetas?
    Eu tenho muito cuidado em divulgar textos na internet sem antes tomar conhecimento das verdades ou supostas verdades que terei que postar.
    Com certeza o mundo não se acabará como andam propagando e sim que estamos passando por mudanças profundas como foi dito por Bezerra de Menezes em mensagem psicofônica no Congresso espírita que aconteceu em Brasília. O nosso planeta será um mundo de regeneração.
    Abraços

    ResponderExcluir
  14. Isso me lembra uma história curiosa contada por minha mãe: em 1933 minha mãe estava no primeiro ano do primário (ensino básico, hoje), quando um eclipse parcial escureceu o céu. A professora dela gritou para as crianças: CORRAM PARA SUAS CASAS! O MUNDO VAI ACABAR!! VÃO PARA CASA MORRER COM SEUS PAIS!

    Minha mãe disse que chegou em casa esbaforida de tanto correr, gritando: mãe!!! a professora mandou a gente vir pra casa pra morrer com vocês!! o mundo vai acabar!! e chorava muito.

    Enfim.. não vejo e nunca vi a utilidade desses avisos. Aviso bom é aquele que recebemos de nossos mentores, quando um perigo se aproxima, eles sempre nos inspiram a desviar para outro caminho, seja uma rua diferente ou uma atitude mais passiva e humilde.

    ResponderExcluir
  15. Chico Xavier e Nibiru


    A conversa abaixo aconteceu no dia 5 de janeiro de 1954



    Pergunta: – Que pode o irmão dizer-nos a respeito do astro que se avizinha, segundo a predição de Ramatís?



    Chico Xavier: – Esclarece nosso orientador espiritual que o assunto alusivo à aproximação de um Planeta ou de Planetas, da zona – ou melhor da aura da Terra – deve, naturalmente, basear-se em estudos científicos, que possam saciar a curiosidade construtiva das novas gerações renascentes no mundo.

    O problema, desse modo, envolve acurados exames, com a colaboração da ciência e da observação de nossos dias. Razão por que pede ele que não nos detenhamos na expressão física dos acontecimentos que se vizinham, para marcar maiores acontecimentos – acontecimentos esses de natureza espetacular – na transformação do plano em que estamos estagiando, no presente século.

    Afirma nosso amigo que o progresso da óptica e das ciências matemáticas, serão portadoras de conclusões da mais alta importância para os nossos destinos, no futuro próximo.
















    Os termos da comunicação obtida em Curitiba (a “Conexão de Profecias”, de Ramatís) são de admirável conteúdo para a nossa inteligência, de vez que, realmente, todos os fatos alusivos à evolução da Terra, e referentes a todos os eventos, que se relacionam com a nossa peregrinação para a vida mais alta, estão naturalmente planificados, por aqueles MINISTROS de Nosso Senhor JESUS CRISTO; os quais, de acordo com Ele, estabelecem programas de ação para a COLETIVIDADE PLANETÁRIA, de modo a facilitar-lhe os vôos para a divina ascensão.















    Pergunta: * – Acha nosso irmão que a Mensagem de Ramatís deva ser divulgada com amplitude?

    Chico Xavier: – Diz nosso Orientador que a Mensagem é de elevado teor e todo trabalho organizado com o respeito, com o carinho e com a dignidade, dentro dos quais essa Mensagem se apresenta, merece a nossa mais ampla consideração, de vez que todos nós, em todos os setores, somos estudiosos, que devemos permutar as nossas experiências e as nossas conclusões para a assimilação do progresso, com mais facilidade em favor de nós mesmos.



    Publicado na Revista Boa Vontade, Ano 1, n0 4 – Outubro de 1956.







    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ramatis é um pseudosábio que usa da doutrina espírita para mistificar.

      Excluir
  16. Foram muitas citações sobre possiveis futuros acontecimentos com a Terra, repito "possiveis". Alguns crêem que pode acontecer, repito, "podem", outros admitem que a Terra será destruída, não será, mas como aconteceu em outras oportunidades, o planeta sempre será poupado mas os espiritos encarnados vivendo nela podem ser dizimados, afinal quantos milhares não desencarnam durante um ano apenas mas nascem igual ou maior numero? Li no livro "Nosso Lar" que há igual ou até maior numero de irmãos aguardando o momento para reencarnar. O problema é que valorizamos por demais a vida terrena e na verdade ela serve apenas como aprendizado para o espirito progredir, aplicar o livre arbitrio e assimilar novos conhecimentos para novas experiencias e tudo isto em gotas homeopáticas. O involucro material, por sua natureza é muito denso e não permite aprendizado em sua total potencialidade, eis o por que o espirito precisa encarnar "n" vezes. Em outras dimensões, outros orbes, os corpos sâo mais sutis, mais leves e estas dificuldades não são tão evidentes como em nosso caso de muita densidade. Seria necessário muitas esplicações para dar um entendimento mais claro sobre o que foi dito ou escrito acima e sei que quanto mais extenso as esplicações, mais dificil o entendimento. Mas a humanidade a cada momento recebe uma nova chance de evolução graças a infinita bondade do Nosso Criador. Ler muito é importante e raciocinsr tambem é importante mas ligar os fatos, fazendo deles um entendimento completo, tambem é. É claro que não devemos crer em tudo que lemos ou ouvimos mas devemos ter acuidade de entendimento para não perdermos fatos importantes e novas oportunidades de aprendizado. Portanto o espiritismo é em materia de conhecimento para a humanidade, o B a BA e temos que ter ou ser-mos abertos a novos conhecimentos pois estamos aqui para aprender e em "gotas homeopáticas" e saber usar estes acontecimentos.

    ResponderExcluir
  17. Precisamos perceber a diferença entre princípios e detalhes. Entre os espíritas, há consenso sobre os princípios basilares da doutrina: reincarnação, imortalidade do espírito, proceder com o próximo como gostamos que procedam conosco etc. No entanto, onde houver seres humanos haverá divergências. Assim, mesmo os espíritas mais evoluídos divergirão em relação aos detalhes. Isso é normal. Precisamos porém discordar respeitando nossos semelhantes. Divergências sobre detalhes jamais justificarão desrespeito e discórdia. O planeta Nibiru realmente existe? Haverá cataclismos na Terra? A transição moral planetária será acompanhada de fenômenos geológicos? A resposta é: tanto faz. Se observarmos sempre os princípios básicos da lei de amor e caridade, ensinados pelo Mestre Jesus, estaremos caminhando na direção certa e preparados para qualquer situação. Portanto, tenhamos cuidado! Observemos os princípios básicos e respeitemos as discordâncias sobre detalhes manifestadas por nossos irmãos! Onde há respeito haverá paz!

    ResponderExcluir
  18. Falou, falou e não disse nada. Apesar de ser espírita a 40anos estou sempre aberto a novas informações. Gostaria que algum espírita fizesse um arrazoado quanto a real surgimento do homo sapiens. Pois parece que ficar somente com kardec hoje já não faz muito sentido. O estudo de Sitchin revela-se algo sério e sem contestação no mundo científico.

    ResponderExcluir